Tempo, tempo, tempo, tempo...

sábado, 9 de julho de 2011

O sertão é poesia...


Há poucos metros da máquina, os pássaros vem se alimentar  todos os dias (é um ritual  cumprido à rigor...).

Enquanto fotografava, um tatuzinho passou correndo na terra  árida.



Um cantinho feito especialmente para eles...

O chão estava repleto de outras espécies...

Aqui também aparece um picapau lindo!!! Ele hoje não veio!




Juninho e um dos seus cavalos ( kkkkkkkk)

O Rick está com uma baladeira no pescoço (baladeira = estilingue)




3 comentários:

Andre Mansim disse...

Ontem ví uma reportagem onde mostrava a casa do Pablo Neruda, vc já viu onde ele morava? Taí a explicação do cara ser tããããooooo inspirado, assim como vc que mora num lugar tão rico e belo!

Lu Almeida Imoto disse...

Mansim, vc sempre tão atencioso, hein?
O Nordeste é mesmo mto lindo de se ver!

VitorNani disse...

Esse lugar pode render grandes textos, belos poemas!
Abraços e boa semana!

VitorNani & Hang Gliding Paradise