Tempo, tempo, tempo, tempo...

domingo, 27 de novembro de 2011

Não dê ouvidos à maldade alheia e creia!

                                                   A corrida dos sapinhos

Certo dia, aconteceu uma espantosa corrida de sapinhos.

Eles tinham que subir uma grande torre: algo um tanto difícil para sapinhos tão pequenos.

Iniciou-se  a competição.

Os sapinhos davam de si o que podiam, enquanto a multidão desacreditada gritava:

- Não vão conseguir, não vão conseguir!

Os sapinhos, já cansados e ouvindo as murmurações da multidão,  iam desistindo pouco a pouco e cada vez mais diminuia-se o número de competidores.

Ao final da competição, observou-se que todos haviam desistido, exceto um sapinho persistente que continuava a escalar, escalar, embora as pessoas continuassem a bradar:

- Você não vai conseguir, você não vai conseguir!

Havia uma tranquilidade e um grande equilíbrio na escalada do sapinho que, logicamente era o vencedor.

As pessoas que ali estavam ficaram surpresos com o êxito do sapinho e resolveram interrogá-lo, a fim de descobrirem a estratégia utilizada para alcançar seu objetivo.

O sapinho era SURDO.


(Autor desconhecido - Recontado por mim)

2 comentários:

Francisco Evangelista disse...

Não é fácil, mas é necessário.
Ao nosso redor sempre encontramos pessoas que espalham seu desânimo, seu pessímismo, o seu amargor.
Que Deus nos ajude a sermos como o sapinho: surdos. Assim chegaremos ao final da corrida. Cruzaremos a linha de chegada.

Andre Mansim disse...

Melhor não falar nada quando não é pra ajudar e melhor não escutar os pessimistas né?

Um beijão agente Japinha! Fica vc e sua familia com Deus!