Tempo, tempo, tempo, tempo...

domingo, 12 de setembro de 2010

Um passeio pelo meu jardim....

Olhem que flor linda que nasce no meu Jardim!!! O que mais gosto de fazer é sentar-me e ficar apreciando a beleza dos hibiscos que alegram meu singular jardim: ali, posso embevecer-me com a visita frequente de um beija-flor que, sorrateiramente me visita quase sempre após o almoço em família... Plantamos essa árvore e jamais imaginamos que íriamos ter flores tão lindas no nosso kantinho, viu? Mas vejam que intrusinha no meu jardim! Toda "posuda", a lagarta cheia de charme quer posar para a minha máquina, quer roubar a beleza das flores... E, pasmem! Ela estava toda enroladinha mas parece mesmo que gosta de ser estrela pois, ficou toda ereta e elegante para a foto que ora veem... Claro que ela ostenta beleza, mas quero mesmo é falar das minhas flores, senhora Lagarta!!! Curioso é que as flores, na sua grande maioria, nascem com apenas uma cor, o salmão ou salmon ( vejam as flores à direita da foto ao lado ) e algumas delas nascem lindinhas assim: vermelho X salmão.

Lindinhas não! Lindíssimas!

Não me canso de admirá-las e passo um tempão ( sentada numa cadeira de balanço ) a admirar seu aspecto exótico...

E não me venham perguntar por que ainda não fotografei o beija-flor ( hehehe... Fico tontinha quando ele aparece e paira no ar: babo, engasgo, esqueço da máquina e aí ele voaaaaaaa! ). Hibiscus é um gênero botânico, que possui mais de 300 espécies. No grego, hibiscus significa Ísis ( deusa egípcia ). São flores originárias da Ásia tropical e no Brasil elas são conhecidas como “mimo de Vênus”. Foram eleitas como o símbolo nacional do Havaí e da Malásia e pela beleza delicada é a autêntica representante da virtude e da avidez, sugerindo aos que a tem um "agarre-se à tua boa sorte"! Nos países africanos, costuma-se tomar um chá ( Wonjo ) das folhas do hibisco. Os naturalistas ocidentais costumam produzir uma gelatina com o chá adoçado. Ela também ficou conhecida como "graxa de sapato", em virtude de já ter sido utilizada ( as folhas ) para lustrar sapatos. A medicina natural utiliza a flor para infinitos fins curativos ( laxante, diurético, expectorante, digestivo, adstringente, entre outros ). Não assevero nadinhaaaaaaa! "Solamente" que os hibiscos do meu jardim são os mais lindos do mundo, porque são meus ( dos três mosqueteiros e do beija-flor, claro! ). ¹"Se alguém ama uma flor da qual só existe um exemplar em milhões e milhões de estrelas, isso basta para fazê-lo feliz quando as contempla." ²" Um passante qualquer sem dúvida pensaria que a minha rosa se parece convosco. Ela sozinha é, porém, mais importante que todas vós, pois foi ela quem eu reguei. Foi nela que eu matei as larvas, já que ela é minha rosa." ³" Foi o tempo que perdeste com tua rosa que a fez tão importante." ¹,²,³ >>>>>> O Pequeno Príncipe ( Antoine de Saint Exupéry ).

4 comentários:

Andre Mansim disse...

Eu queria ter a sensibilidade de olhar assim apaixonadamente para as flores, eu acho bonito mas não toca tanto o meu coração, como por exemplo minha mãe que tem umas 20 roseiras que ela cuida como uma artezã que olha nos minimos detalhes.
Adimiro-a por isso, admiro as duas, hahahahaha.

Um abração grandão!

Atualizei o blog, passa lá!

Enkantinho disse...

Oh! Fiquei a imaginar as roseiras da sua "mama"...

Renatinho disse...

Quando vejo uma flor que encanta tanto quanto os ibiscos me vem a alegria do encantamento e a tristeza de não tê-las perto de mim. Talvez pelo que se passa comigo, minhas plantas pararam de dar flores e isso me deixa triste.
Ainda bem que sigo seu blog e recebo este presente. Muito obrigado, você tornou alguém mais feliz um pouco.

Enkantinho disse...

Renato, que as suas flores voltem a desabrochar à sua alma tão sensível e amiga...

Abraço,