Tempo, tempo, tempo, tempo...

domingo, 26 de dezembro de 2010

SIMPLICIDADE É POESIA...

Quase sem palavras, Mr. Spagnollo! Exemplo maior de pureza e simplicidade!
É sublime ver o tarrafeiro lançar sua esperança ao velho Chico...
Enquanto o rio S. Francisco transborda, que pensa esse humilde barqueiro na solidão da beira do cais?
( Perdoem-me a estética... Estou quase desistindo do "blogger" que quase nunca nos deixa formatar nossas publicações ).

2 comentários:

Reyes Rodriguez Vicent disse...

Gracias por visitar mi blog. Me gustan las imágenes tan originales que tienes en el tuyo. Saludos. Reyes

Enkantinho disse...

Saludos, Reyes...

Bienvenido, siempre!!!

Gracias, también!