Tempo, tempo, tempo, tempo...

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Um doce de intertextualidade...



3 comentários:

Por que você faz poema? disse...

Certamente!!!

Mário Liz disse...

as marcas, as músicas, as nuances e tudo mais da indústria cultural sempre se elidem à nossa vida de maneira gostosa. Não há porque apenas demonizar isso...

teu blog é bem variado e interessante.

abraço.

Enkantinho disse...

Lisonja receber a visita de cátedros blogueiros...

Aterrissem sempre por aki!