Tempo, tempo, tempo, tempo...

terça-feira, 27 de março de 2012

Cora, linda!



Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço 

que envolve, palavra que conforta, silêncio que 

respeita, alegria que contagia, lágrima que 

corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, 

amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá 

sentido à vida. É o que faz com que ela não 

seja 

nem curta, nem longa demais, mas que seja 

intensa, verdadeira, pura enquanto durar.


Cora Coralina.

3 comentários:

A VIDA É UM ETERNO APRENDIZADO disse...

Bom dia!
O que dizer de Cora /
Apenas que nos encanta até hoje.
Grande abraço
se cuida

Antonio Luiz Gomes disse...

Sou pernambucano,mas moro na terra da Cora Coralina !

Lu Almeida Imoto disse...

Linda Cora, Luiz!